quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

PREVI - SUGESTÃO REAJUSTE BENEFICIOS



Prezada Daisy e demais colegas:

1 - Inicialmente, também espero que todos tenham passado UM ÓTIMO NATAL, ao tempo em que desejo UM EXCELENTE 2013.
De fato é hora de retomarmos os assuntos relacionados à PREVI, em especial as mudanças nos critérios de reajustes dos benefícios, pois, todos os salários estão sendo reajustados acima da inflação, inclusive os benefícios da previdência oficial e o nosso benefício continua limitado ao INPC, acumulando perdas.
2 - Este tema foi levantado inicialmente pelo Ex-Conselheiro Sr. William Bento, encaminhado pelo Conselho da PREVI para a Diretoria para exame e não se teve mais notícias. Como você bem resgatou, após trocas de mensagens encaminhei sugestão ao Grupo Temático da ANABB que trata de assuntos relacionados ao Plano I, no sentido de se buscar mudanças nos critérios de reajustes do nosso benefícios. Mesmo tendo o Grupo Temático recebido minha sugestão no dia da reunião, fiquei sabendo que foi bem aceita pelos integrantes do grupo e que será retomada na próxima reunião. Em meu blog ajccarvalho.bogspot.com criado em 02/12/2012, recebi comentários da colega Isa Musa em 6/12/2012 sugerindo que eu faça um paralelo com a proposta do ex-Conselheiro Wiliam Bento e apresente sugestões. Sei que o grupo temático é composto de colegas qualificados e comprometidos. Porém, agora que passaram as festividades do final do ano e já com a certeza de que o BET vai continuar em 2013, prometo que vou continuar oferecendo minha contribuição especificamente sobre este tema que é de grande interesse coletivo.
3 – Esta sua sugestão de se conseguir as assinaturas, que seriam em torno de 1.300 no mínimo, para pleitear alterações no Regulamento, entendo como muito interessante e viável. Havendo mobilização dos colegas, acredito que podemos conseguir mais de 10 vezes este número. Havendo mobilização da ANABB, podemos conseguir muito mais, pois são 5 Diretores, 21 Conselheiros Deliberativos, 6 Conselheiros Fiscais e 63 Diretores Regionais. Acredito que é simples: Basta criar um modelo, com cabeçalho e contendo espaços para matrículas, nomes e assinaturas. O modelo seria enviado para os e-mails dos colegas para impressões e em seguida capturar as assinaturas. Após estas providências, as relações seriam enviadas para o Coordenador do Grupo Temático, em endereço a ser definido, que poderia ser o da própria ANABB.
3 – Com uma proposta tecnicamente embasada e factível, sem ferir a legislação e de posse das relações contendo assinaturas e com o apoio Institucional de Associações a exemplo da ANABB, FAABB, AAFBB,  AFABBS e demais Associações, teríamos mais força e legitimidade para conseguir mudanças que nos sejam mais favoráveis. Porém, não vamos nos enganar. Mesmo com os embasamentos técnicos e legais, tudo vai depender de duras negociações com a PREVI e BB num primeiro momento, além da aprovação dos Ministérios da Fazenda e do Planejamento e da PREVIC que é o Órgão regulador dos fundos de pensões. Nada obstante, podemos e devemos continuar lutando pelos  nossos interesses e combate às injustiças.
4 – Estou enviando cópias para os demais integrantes do Grupo Temático e postando no meu blog: ajccarvalho.blogspot.com para buscas de comentários e sugestões.
Abraço,

Antonio J. CARVALHO
Salvador - BA

Abaixo, mensagem da Daisy:

"Carvalho,

Antes de mais nada espero que tenha passado excelente natal e incício de ano junto a seus familiares.

Já estamos no ano novo e não podemos perder tempo para reiniciar nossas tratativas e nossa luta pelos direitos que estamos perdendo dia a dia. Por este motivo gostaria de retomar um tema que estava engatinhando em 2012 e precisa começar a andar/galopar em 2013.

Quero recapitular o diálogo abaixo transcito (em especial a mensagem grifada em azul) que transitou no grupo rede-sos em nov/2012, com várias considerações sobre a possibilidade de um estudo para indicação de novo indice e/ou nova sistemática para os reajustes de nossos benefícios, uma vez que, apresentando sucessivos "superavits" , fica muito clara a situação de que o plano 1 da PREVI está em desequilíbrio.

Gentilmente você respondeu muito rápido e fez um estudo sobre o assunto, que tb veiculou no grupo posteriormente. Ele foi submetido ao grupo assessor temático da ANABB que ficou de fazer nova análise e iniciar tratativas com a PREVI.

Na minha mensagem de 02/11/2012, coloquei 5 itens para expor meu ponto de vista. Volto ao assunto qto ao item 5 para perguntar novamente se não seria interessante utilizar a prerrogativa existente no estatuto da PREVI, sobre o acolhimento de assinaturas (1% do corpo social
Volto a repetir que desconheço as formalidades jurídicas implicadas p/ forma de validade no acolhimento das assinaturas neste caso. No meu entendimento, p/ seguirmos em frente, seria interessante, antes de mais nada o acolhimento das assinaturas. Aguardo seus comentários e sugestões de como poderíamos proceder p/ colher as assinaturas dos colegas (não menos de 1%) e serem levadas ao grupo temático da ANABB p/ que este pudesse levar a reivindicação juntamente com as assinaturas conf. estatuto da PREVI.

Remeto cópia desta mensagem, para a colega Isa Musa, conselheira eleita do conselho deliberativo da ANABB, presidente da FAABB que congrega 32 associações, inclusive a AAFBB, que é a 2a. mais representativa das nossas entidades.

Novamente agradeço a você, a Isa Musa pela atenção que puderem dar a este assunto e aos colegas do grupo temático da ANABB, em especial o integrante Aldo Alfano, a quem tb encaminho cópia desta mensagem.
Abçs
Daisy -Sp - Sp
colaboradora voluntária
SEMENTE DA UNIÃO – MSU
Acorda-BB, Rede-SOS, Unap-BB"

7 comentários:

Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Teixeira - Araruama (RJ) disse...

Penso que a única maneira dessa proposta prosperar será com a participação das mais expressivas entidades de funcionários, em especial a Anabb. Conforme declaração da ex-diretora Cecília, o presidente da Anabb e o vp financeiro apoiaram a chapa do atual diretor de seguridade, logo têm acesso livre a ele. Anabb, Aafbb-RJ e Faabb, juntas, terão legitimidade mais do que suficiente para encaminhar um pleito dessa magnitude já que, imagino, estariam representando interesses de algo em torno de cento e cinquenta mil funcionários. No que concerne à boa proposta do ex-conselheiro da Previ William Bento, entendo que foi apresentada de forma inoportuna, no decorrer do processo eleitoral da Previ em 2012, transparecendo a todos de que se tratava apenas de iniciativa meramente eleitoreira. Desejo pleno sucesso pra Você e que as tratativas sobre a sua proposição fluam com naturalidade e o mais rápido possível.

isamusa disse...

Prezado Carvalho, antes de soltar o abaixo assinado penso que é necessário formatar uma proposta de alteração do Regulamento do Plano 1 com uma sugestão consistente de reajuste de benefício. A proposta do Willian é interessante. Peço-lhe que faça suas considerações a respeito, já que o colega reune plenos conhecimentos do tema.
Att
isa Musa

Unknown disse...

Qualquer proposta de melhoria dos benefícios será bem vinda. Certamente terá fundamentação robusta e, se contar com a adesão de nossas principais entidades representativas, não nos custará -- a nós, principais interessados -- participar ativamente, inclusive com a aposição de assinatura em abaixo assinado. 2013 deverá ser um ano de luta especialmente focada na matéria. Parabéns pelo retorno ao assunto.

Luiz Faraco, de Florianópolis (SC)

Antonio Carvalho disse...

Concordo com Você, Jorge.

Percebo que a ANABB, AAFBB e FAABB estão atuando de forma articulada e isto é muito bom. Vamos aguardar o reinício das novas negociações com o Banco, prometidas no acordo de 2010. Estou ultimando estudos para apresentar minha sugestão ao Grupo Assessor Temático da ANABB para apreciação, aprofundamento e encaminhamento se assim desejaram. Registro que fazem parte do Grupo Assessor Aldo Alfano, Conselheiro Fiscal da PREVI e Presidente do Conselho Fiscal da AAFBB, Isa Musa, Presidente da FAABB e Conselheira da ANABB, William Bento, Ex-Conselheiro da PREVI e Conselheiro da ANABB, Cecilia Garcez, Ex-Diretora da PREVI e Conselheira da ANABB, além de Maria do Ceu, Conselheira Fiscal da ANABB e dois Diretores Regionais da ANABB.
Abraço

Antonio Carvalho disse...

Concordo com Você, Isa.

Estou ultimando estudos neste sentido.
Abraço,

Carvalho

Antonio Carvalho disse...

OK, Luiz.
Teremos que lutar muito na tentativa de conseguir alguma melhoria. O jogo é pesado, mas, vale sempre a pena lutar.
É como penso.
Abraço,
Carvalho