segunda-feira, 20 de maio de 2013

PREVI - REAJUSTE - POLÊMICA


Circularam muitos comentários sobre alteração da data base de reajustes de benefícios da PREVI. Em mensagem anterior já demonstrei que teremos perdas acumuladas no ano de 2013, em virtude de defasagem do reajuste, considerando inflação elevada no primeiro semestre de 2013. Esta defasagem vai se perpetuar e perdas ou ganhos futuros vai depender sempre da inflação de cada semestre.
Agora, com a implantação do reajuste retroativo a janeiro de 2013, sugiram novas discussões sobre o pagamento do BET. Tudo começou com a mensagem endereçada à Previ em 16/05/2013 pelo colega Mario Sergio, lembrando que foi esquecido o reajuste do BET.
Na mesma data a mensagem foi respondida por uma funcionária da Gerência de Atendimento dizendo: “Não cabe pagamento retroativo”. Certamente orientada pelos de seus superiores.
Em 18 de maio a Conselheira da PREVI Célia Laricha divulgou a seguinte mensagem:

“Prezado Gilberto, 
Falei com o Diretor de Seguridade da PREVI, Marcel Barros aqui no CINFAABB, em Goiânia, e solicitei explicações sobre a ocorrência relatada em diversos e-mail que temos recebido na AAFBB, a respeito do não pagamento do reajuste sobre o BET.  
Ele me informou que por problemas na operacionalizacão do referido reajuste, este não foi aplicado sobre o BET. 
O assunto já está sendo encaminhado a nível de Diretoria, que na próxima reunião autorizará a regularização da pendência, com a efetivação dos créditos desses valores.  
Entretanto, tendo em vista que a folha de maio já foi creditada, o acerto deverá ocorrer na folha de junho. 
Segundo ele me informou o valor médio dos acertos será de 200,00. 
Estas são as informações que tenho sobre o assunto, 
Estou à disposição. 
Celia Larichia”

 Noto aí uma grande incoerência. Se foi operacional, por que enviar para Diretoria?
Em 17 de maio o Diretor Paulo Assunção encaminhou mensagem ao Conselho Deliberativo dizendo: “Acho que é justa a reivindicação. Defendo o atendimento”. ACHA???
Não há o que se discutir, achar, decidir, negar, polemizar. Nada disto.  O BET é 20% do valor do benefício. Tomando como exemplo um benefício de R$ 5.000,00 em dezembro de 2012, o BET é de R$ 1.000,00. Corrigindo em janeiro de 2013 com o indicie de 3,82% fica sendo R$ 5.191,00. Logo, o BET passa a ser de R$ 1.038,00. A não aplicação da regra, simples e justa, resultará em perda mensal no presente exemplo de R$ 38,00 e R$ 456,00 acumulada em 2013. Prevejo uma nova polêmica no pagamento do 13 salário próximo. Certamente vão querer pagar o 13 salário corrigindo somente com o índice de 3,82%. O correto e justo é pagar com o reajuste do ano de 2013, ou seja, INPC acumulado de janeiro a dezembro de 2013.
Chega-se a comentar agora em responsabilizar a área de comunicação, demitir a funcionária que postou a resposta, quando os responsáveis são os Diretores/Conselheiros.
Francamente: Não entendo porque a Diretoria complica tanto um negócio tão simples. Em minha opinião somente existem duas explicações:
1 – Incompetência;
2 – Descaso com os aposentados.

Abraço,

Antonio J. CARVALHO.

6 comentários:

Anônimo disse...

Caro Carvalho, acho (como diz o diretor) que se trata de incompetencia mesmo.
Interpretaram erroneamente o art. 110.O que lá se trata são VALORES contabilizados nos fundos e reservas formando a base cadastral financeira do Plano.Não se referia o art 110 XXX1 a complementos e salários.Simples, claro, cristalino e lógico.
Esse comportamento, salvo engano, já é recorrente.
Parabéns pelo esclarecedor blog.

Anônimo disse...

Parabéns pela gritaria geral !
A gerência de Atendimento da PREVI vai ter que engolir a falsa informação e ser admoestada.
Acho(como diz o Diretor- achismo-)que é incompetência e má-fé!
Coisa de gestão SPP "Se Pegar, Pegou!" ( ou "Se Colar, Colou!)

Não deu prá aguentar ! Não Pegou, Não Colou !
Corrijam o erro JÁ !!!!!

Luis-BH disse...

"Problemas operacionais" nada! Eles me responderam que não existia BET retroativo. Tenho por escrito.

Quanto ao 13º, não tenho esperanças de que vá ser corrigido por mais do que 3,82%...

E quanto ao IR 1/3 Previ. A Previ segue caladinha.

É sempre assim. Na hora de nos descontar, são rapidíssimos. Na hora dos nossos benefícios, enrolam...

Antonio Carvalho disse...

Luis:

Vamos continuar atentos.
Será mais uma injustiça se pagar o 13 salario sem a correção pelo INPC de 2013. Basta observar que a partir de janeiro de 2014 os benefícios serão corrigidos pelos indices de 2013.
Com relação a 1/3 PREVI ja passou da hora de tanto a PREVI como a ANABB divulgar informações e orientações. Preferem nos deixar à deriva, limitados a informações da Receita, quase sempre complexa. Posteriormente pretendo me aprofundar neste assunto e compartilhar com os colegas.
Abraço,

Carvalho

Anônimo disse...

Carvalho,

Fiz a minha parte. Pequena,mas fiz.

Contatei, por e-mail, 04 senadores paraibanos com vistas a colher o apoio ao PDS 275/2012.
Que outros colegas façam contatos com outros senadores. Assim, seremos mais fortes.
Um abraço de james.

Pensionista disse...

A maior injustiça é o que estão fazendo com as Pensionistas Ato Vergonhoso.Até Pensionistas de MilitaresFalecidos recebem 100% de Pensão
Um abraço dessaPensionista muito sofrida