domingo, 8 de setembro de 2013

PREVI - ABAIXO ASSINADO - PDS OU PLP?


Diante de comentários que circulam sobre o relato do Jornal Ação número 220, julho – agosto de 2013 - Carta do Presidente - entendo que cabe à ANABB indicar quais os pontos do PDS 275/2012 não nos atendem. O referido PDS, objetiva sustar artigos abusivos da Resolução 26/2008 que permite os Fundos de Pensão repassar parte das reservas para o Patrocinador. Por conta da maldita Resolução, a PREVI já repassou R$ 7,5 bilhões para o Banco. A FAABB já indicou os pontos negativos do PLP 161/2012, encaminhando substitutivos. EU também apoiava os 2 projetos. Porém, lendo as críticas da FAABB e do Colega Ruy Brito, optei por não apoiar o PLP 161, no momento. Com relação às críticas a políticos, também destacadas na Carta do Presidente, não há como ignorar as atitudes do Senador Pimentel. Há evidências de que procura retardar o PDS 275. Vejamos:
A - Assinou a Resolução 26, como Ministro da Previdência. Ele tinha a maioria dos votos.
B - O PDS 275 se encontrava na Comissão de Cidadania e Justiça para ser votado. O Pimentel pediu para deslocar para a Comissão de Assuntos Econômicos e ficou como Relator. Conflito de interesses;
C - O Senado aprovou Audiência Pública, definindo os participantes para o debate. O Senador Pimentel inovou mais uma vez, requerendo as participações da AGU (Governo) e da ABRAPP (Patrocinadores).
Assim sendo, devemos, sim, combater os maus políticos e os abusos praticados, como a Resolução 26 e os benefícios privilegiados na PREVI, pendente de regularização. Em breve, repassarei informações.
Por estes motivos, conclamo a todos clicar no LINK: ABAIXO ASSINADO PDS 275/2012. Imprimir, assinar e colher assinaturas de parentes e amigos, devolvendo-me, conforme orientação no rodapé do documento.
Para aqueles que desejarem assinar pela internet, deve clicar no LINK:  http://www.avaaz.org/po/petition/APROVACAO_DO_PDS_2752012_EM_DEFESA_DOS_FUNDOS_DE_PENSAO/?launchhttp://
Quanto mais assinaturas, melhor. A luta é desigual. Lutando é difícil. Sem luta é impossível.  Chegar ao Senado com poucas assinaturas, caracteriza falta de interesse de nossa parte. Estão mexendo no patrimônio da PREVI e em nosso bolso. Além do abaixo assinado, precisamos adotar outras providências, como:
- Telefonar para os Senadores;
- Enviar mensagens pedindo apoio;
- Marcar Audiências, convidando colegas que dominam o assunto.
Divulgue por todos os meios ao alcance.
Antonio J. CARVALHO

Um comentário:

Anônimo disse...

Vc que é de dentro da ANABB confirma que a ANABB á tem mesmo mais de 20.000 assinaturas?