terça-feira, 22 de outubro de 2013

DESPESAS DA PREVI - RESPOSTA AO GERALDINO


Divulgo, abaixo, resposta que enviei ao colega Geraldino, postada  nos grupos e em e-mails de lideranças.
Abraço,
Carvalho
 
"Prezado Geraldino:
Atendendo sua solicitação, olhando rapidamente o Relatório da PREVI de 2012, repasso algumas informações, dentre outras importantes, no ano de 2012:
- Despesas Administrativas: R$ 236 milhões. Destaco: R$ 191 milhões com o Plano I, sendo: R$ 123 milhões com gestão; R$ 26 milhões gerais, R$ 20 milhões com honorários; R$ 945 mil com viagens. Note: Quem está faturando bem são os Advogados. Seria menos oneroso se corrigissem as injustiças;
- A PREVI pratica Taxa de Administração diferenciada, sendo: 4% do plano I; 1,5% do Plano II e 2,5% da CAPEC. Foi promessa de campanha reduzir a taxa de Administração, também não cumprida, a exemplo da não incorporação do BET, que foi uma promessa irreal, para não dizer irresponsável;
- A PREVI tem um quadro de 825 funcionários. Bons técnicos, no meu entendimento.
- Em 2012 Foram pagos R$ 8,4 bilhões de benefícios, incluído o BET, Renda Certa, Benefício de proporcionalidade e benefícios judiciais.
- Principais Investimentos do Plano I: Renda fixa, R$ 50,1 bilhões; Imóveis, 8,2 bilhões; Operações com participantes, R$ 5,2 bilhões; Renda variável, R$ 96,7 bilhões, desdobrado em: R$ 46,6 bilhões em ações; R$ 49,6 bilhões em Fundos de Rendas Variáveis, predominando investimento na Vale, da qual a PREVI tem 22% do capital. Este investimento na Vale e nas Energéticas são avaliados pelo valor econômico.
No referido Relatório a PREVI divulga, dentre outros orgulhos a sua visão de futuro, transcrita abaixo:
 Visão de futuro
Ser a melhor administradora de planos de benefícios do Brasil, sendo referência internacional, com excelência comprovada por indicadores em:
Práticas de gestão de ativos e passivos;
Satisfação dos participantes;
Custo administrativo (relação custo x benefício);
Responsabilidade socioambiental;
Produtos e serviços previdenciários;
Política de pessoal.
Ser motivo de orgulho para participantes
Grifos meu: Você concorda?
Na minha percepção a PREVI na prática continua distante da visão apregoada. Vejamos:
- Descumpre as boas práticas de Governança, ao indicar Conselheiros com Conflito de interesses;
- Descumprimento do Estatuto e Regulamento, pagando benefícios privilegiados e irregulares aos seus Dirigentes e do Banco;
- Resiste o cumprimento de determinação da PREVIC, que é o Órgão Fiscalizador, pagando benefícios privilegiados aos seus Dirigentes e do Banco, acima do TETO.
- Pratica taxa de Administração para o Plano I muito elevada.
Quem ainda não assinou,
Vamos assinar o Abaixo Assinado em apoio ao PDS 275/2012, tentando corrigir alguns abusos. Pode ser assinado manuscrito ou pela internet, clicando no LINK:
Abraço,
Carvalho
 






 


Abraço,

Carvalho

Nenhum comentário: