quarta-feira, 27 de novembro de 2013

PREVI - A NOVEMBRADA



Dia 25 de novembro participei da NOVEMBRADA realizada no Rio de Janeiro. O movimento que contou com cerca de 150 colegas foi coordenado por uma comissão que teve à frente o Professor Ari Zanella e Leopoldina Correa aos quais eu parabenizo. Transcorreu de forma pacífica. Tive o prazer de conhecer pessoalmente muitos colegas e encontrar tantos outros. Destaco Elisa que, em algum momento liderou a manifestação, ocorrida em 4 momentos:
1 – De início, por volta de 9.30 h na entrada do Mourisco, com muitas faixas, mega-fone e muito barulho. Cantamos Hino Nacional, Geraldo Vandré e tudo mais.
2 - Em seguida, por volta de 11.30, no auditório do condomínio, enquanto a comissão se reunia com a Diretoria da PREVI, entregando reivindicações que terão respostas em 10 dias, vários colegas se manifestaram livres e espontaneamente.  
Fiz esclarecimentos sobre o BET, TETO e PDS 275/2012. Entreguei cerca de 130 formulários do abaixo assinado, para assinaturas e posterior devolução. Destaco a manifestação de Cecília Garcez, muito aplaudida.
3 – Após o retorno da comissão, por volta das 13.30 horas, houve Nova mobilização na entrada do Mourisco. Na oportunidade o Diretor Marcel se manifestou e com jogo de palavras para confundi voltou a defender, em causa própria, que o TETO seja os honorários dos Diretores, inflados em 2008 com incorporação de salários indiretos, contrariando o Estatuto da PREVI. Ele Insiste em dizer que a PREVIC não determinou a implantação do TETO, dizendo que a PREVIC determinou ao Banco alterar o salário de contribuição. Ele disse também que o TETO deve ser o maior salário de carreira. Neste momento, peguei o mega-fone e expliquei que:
-Alteração do salário de contribuição, hoje irregular, significa implantação do TETO de benefícios, aprovado pela PREVI em 2008, descumprido até o momento.
-Diretor Estatutário não é funcionário. Rompe o contrato de trabalho e recebe honorário. No Estatuto da PREVI não consta esta categoria de beneficiários, que hoje conta com 137 privilegiados, número este informado pelo Diretor Marcel. Maior salário de carreira é AP 1.
 4 – Finalmente, por volta das 14.30 Diretores eleitos levaram colegas para o auditório para  novas explicações. A fome apertou. Fui tomar meu lanche.
Continuo colhendo assinaturas para o abaixo assinado em apoio ao PDS 275/2012 e fazendo um trabalho de formiguinha com os Senadores. Compareci na audiência pública na comissão de assuntos sociais. Visitei os Senadores Sergipanos, meus conterrâneos Amorim e Maria do Carmo que se dispuseram a nos ajudar. Este trabalho de bastidores é muito importante. Devemos procurar os Senadores. Se não fizermos, quem o fará?
Para manter-se atualizado visite, participe e adicione meu blog     clicando em:
ajccarvalho.blogspot.com.br
Abraço,
Carvalho

10 comentários:

Anônimo disse...

Carvalho, saiu a rentabilidade acumulada out/2013 em 7,52% no site PREVI.

Que achas???

Anônimo disse...

Caro colega, pra alterar o que vem por aí, fim do Bet e a volta das contribuicoes, é preciso mais do que desejos e perturbadores de sono na porta da Previ. O sr que entende tanto de previdencia privada, por que não busca uma proposta, dentro deste mundo real, para evitar o fim disso tduo e submete ao BB e Previ? Seria uma bandeira. Porém, o que vejo dessas liderancas que o sr citou é barulho e só. Nenhum me impressionou a ponto de cobri-lo com essa lista de elogios que o sr distribui generosamente. Muito pelo contrario. Eles não dão alternativas, xingam, abrem associacoes para iludir os colegas com acoes judiciais que só beneficiam alguns poucos pre/97, com resultados incertos e demorados, e ainda penalizam seus contribuidores com mensalidades que vão encher os cofres com delas , e ainda tem a cara de poau de dizer que sao gratuitas. Me poupem. A Anabb nasceu assim, mas suas despesas eram muito maiores do que nessa era da internet.naqueles tempos. Cofres cheios, portanto. A verdade é que , pobre de nós, mesmo com tanta experiencia, ainda nos deixamos levar tão facilmente,tanto com os do lado de lá quanto com os do lado de cá. Estamos virando criancas. De novo.
Chico Silva

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o colega Chico Silva.A diferença entre os do lado de lá com os do lado de cá é que os primeiros já conseguiram os cargos e os outros se matam para conseguir.Nós ficamos no meio como bobos da corte.

Anônimo disse...

Repasso link de video do Sr. Marcel, da chapa 6, que foi eleita em 2012. Vejam as promessas de campanha que foram feitas e retransmitam aos seus amigos e colegas.

Vamos refletir sobre o nosso voto nas próximas eleições e não acreditar em milagrosas promessas de campanha.

jÁ PASSOU DA HORA da alternância de poder em TODAS as nossas associações e tb nas nossas caixas PREVI e CASSI.

Assistam ao video:
https://www.facebook.com/photo.php?v=620627821308917

Anônimo disse...

Bobagem, colega, pois todas as chapas prometeram as mesmas coisas. Portanto, qualquer uma outra que tivesse vencido estaria na mesma situação, inclusive a da sra Isa Musa, a eterna presidente de uma grande associação, experiente e assinante do acordo de 2010. Parece-me que está fora do pais, meio esquecida, nesses ultimos tempos. Por onde andara? Continuando, se tem como incorporar Bet, continuar a suspencao de contribuicoes, realinhar beneficios, e etc..., por que até agora não apareceu um salvador da patria com a solução? Existem meios de diminuir o impacto que teremos, mas nem isso os genios da previdencia privada conseguem pensar. Só vejo nossos "lideres" do pau oco reclamando, xingando Previ/Bb, Marcel, Dilma, Lula, Deus e o Diabo e nada anda, nada se cria nem se reproduz. No meio dessa balbúrdia, o que podemos constatar é a mediocridade crescente em nosso meio. Inspirados nos "black blocks", convenceram uma centena e meia de ingenuos a sairem de casa, num dia chuvoso, pra protestar na porta da Previ. Isso é coisa de jovem, mas, naquela hora não pensaram nisso. E assim como os "black", nada conseguiram, a nao ser entregar um questionário cujas respostas sabemos quais serão. Mesmo assim, serviu pra alimentar a vaidade dos novos lideres, que estão com o ego nas nuvens com os tantos elogios que recebem em seus blog. Deve ter um ou outro que, agora, está duvidando se Jesus é mesmo o messias... Pois é, com essa tal de internet tem muito estulto crendo que só um está lutando pra nos salvar do inferno. Cordeiros, zanellas, leopoldinas, meneghetis, cecilias e etc... todos iguais, matracas que servem pra perturbar e só. Enquanto isso, nossos colegas mais ingenuos se dão ao sacrifício de alimentar mensalmente toda essa barulheira inócua, improdutiva, e ainda acreditam que em patrocinio de acoes gratuitas . Depois de tudo o que aconteceu, mais uma vez vemos o desenrolar do que já estava escrito nas estrelas: brigam entre si pra ser o pai da criança que nem sequer foi gerada. Maldita internet! Estamos perdidos.
Chico Silva..

Antonio Carvalho disse...

Prezado Chico Silva:
Há muito tempo levantei 4 bandeiras e continuo lutando por elas:
- Implantação do teto de benefícios retroativo a 2008. A PREVIC concedeu novo prazo (02/12) para implantação;
- Aprovação do PDS 275/2012 que objetiva cancelar art. abusivos da resolução 26/2008 que determinou a PREVI repassar reservas para o Banco. Em 2010 foram repassados R$ 7,5 bilhões. Além do abaixo assinado, tenho feito um trabalho de formiguinha junto aos Senadores. Convido a todos adotarem o mesmo procedimento. Vale a pena;
- Mudança nos critérios de reajustes de benefícios. Apresentei proposta neste sentido há cerca de um ano ao grupo temático da ANABB que trata do plano I. Está sendo analisada tecnicamente, para posterior encaminhamento ao Conselho da PREVI. Estou acompanhando. Se aprovada, não mais serão geradas reservas para repartir com o Banco;
Quanto ao BET continuo acreditando que continuará sendo pago até 2014.
A rentabilidade acumulada de 7,52% até outubro é forte sinalizador.
Abraço,
Carvalho

Anônimo disse...

Carvalho, vc é exceção. Não se deixe entusiasmar com essa turma, pois creio que ha diferencas e não pode se misturar. Sei do empenho, verdadeiro, na luta para corrigir as distorcoes do plano e melhorar nossos beneficios, principalmente dos pos/97, como eu. Não vejo nenhum desses que citei levantar suas propostas, que poderiam ser nossa bandeira. Voce está isolado, se não percebeu. Inté mais.
Chico Silva

Anônimo disse...

Esse "Chico Silva" é o lobo em pele de Cordeiro. Pensa que engana, mas Ip de micro existe para os que sabem informática descobrirem as origens das idiotices. Deveria cuidar da própria falida associaçaozinha ou imitar os que trabalham. Aqui em Brasília estive com a Dona Isa no Senado na terça-feira onde ela foi tentar apressar o andamento do PDS 275 do Senador Paulo Bauer.
Hermóges Gouvêa

Antonio Carvalho disse...

Prezados:
Sei que muitos colegas se empenham na busca de soluções para os nossos problemas. Porém, a grande maioria nem toma conhecimento. Continuam acreditando que o Banco/PREVI vão resolver nossos problemas.
Dia 21 de novembro estava em Brasilia e compareci na audiência pública na comissão de assuntos sociais onde os fundos de pensão foram questionados, principalmente a PREVI que foi representada pelo Diretor Marcel. Através da Senadora Ana Amelia encaminhei várias perguntas ao Marcel que respondeu, como sempre, com jogo de palavras. De fato eu estava sozinho naquele evento importante.
Continuarei prestando minha contribuição com todo afinco. Sei que sozinho nada represento, mas, também sei que muitos estão me acompanhando, como no caso do abaixo assinado que tenho colecionado mais de 25 mil assinaturas.
Abraço,
Carvalho.

Anônimo disse...

Caro colega, pois não é que descobri o seu IP? Veja se não confere -
¶€}f€¢T.¡d¡¤T. Facil, né.
Gostaria de saber , já que é tão proximo da forever president da Faabb, como é que se faz pra "tentar apressar o andamento" de um projeto no senado.
Aliás, eu também foi aderir a essa campanha da Musa e vou tentar apressar esse projeto cutucando a parte posterior do mesmo com uma varinha. Ele vai andar sim!.
Quanto ao bode que vc mencionou, deixa ele em paz porque tudo começou com aquele rabugento.
Vcs deveriam respeita-lo muito.
Desculpe, Carvalho, mas tenho opinião e gosto de defende-la.
Mais uma vez
Chico Silva