terça-feira, 4 de novembro de 2014

Previc busca a desoneração

Tem se falado muito em comunicação, informação e transparência no mundo corporativo. Em todos os Congressos e Seminários o tema relacionamento com os acionista é abordado. As palavras mais citadas são comunicação, informações e transparência. O IBGC - Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - aborda informação, "como sendo mais do que um dever, uma vontade de informar". Em todas as reuniões do Conselho da PREVI tenho me manifestado sobre a necessidade de melhoria na comunicação e informações da PREVI aos participantes. Continuarei insistindo neste tema, por entender ser justo e necessário. Informações devem ser repassadas com clareza e tempestividade. Reproduzo, abaixo, notícia de que a PREVIC promete rever a instrução número 5 que trata de divulgação de informações aos participantes e assistidos dos Fundos de Pensão.
Abraço,
Carvalho

"Em continuidade às medidas de desoneração e simplificação que vêm sendo adotadas pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), e em linha com os debates das reuniões com a Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) e os dirigentes das 100 maiores entidades do setor; e a Associação dos Fundos de Pensão de Empresas Privadas (Apep) e os fundos multipatrocinados, patrocinadoras, consultorias e escritórios de advocacia, a autarquia tem avançado nas discussões sobre dois importantes temas:
  • Harmonização dos processos e rotinas de portabilidade entre entidades fechadas de previdência complementar (EFPC) e entidades abertas de previdência complementar (EAPC); e
  •  Revisão da Instrução Previc nº 5, de 1º de novembro de 2013, que dispõe sobre a divulgação de informações aos participantes e assistidos.
O primeiro caso suprirá a lacuna existente para a operacionalização da portabilidade, já que há normas aplicáveis separadamente aos dois segmentos de previdência complementar.
A revisão da Instrução Previc nº 5, por sua vez, simplificará o processo de disponibilização de informações das entidades aos participantes e assistidos, levando em conta os avanços tecnológicos dos últimos anos, em especial a comunicação por meio eletrônico.
Os estudos sobre os dois temas estão em estágio avançado e, em breve, novas informações serão divulgadas. (Previc)
Caminho certo -  Segundo o Presidente da Abrapp, José Ribeiro Pena Neto, o caminho agora deve ser mesmo o da  simplificação e desoneração, de maneira a se manter e até ampliar a transparência mas sem criar novos ônus. Em sintonia com esse pensamento, a Diretora Jussara Salustino também elogia,  lembrando que “o nosso compromisso é sermos transparentes, mas acompanhado da impossibilidade de despesas desnecessárias”.
Fonte: Diário dos Fundos de Pensão. A matérias publicadas compreendem as áreas de Consultoria Atuarial, Previdência Complementar e/ou Planos de Saúde, sendo de responsabilidade de seus autores e não refletindo, necessariamente, a opinião da GAMA Consultores Associados

2 comentários:

Anônimo disse...

>>>>>>>>>>A TODOS OS COLEGAS <<<<<<<<<<
>>>>>>>>>>>>>>>URGENTE <<<<<<<<<<<<<<<
APROVEITANDO AS COLOCAÇÕES DA FAABB:

PDS - PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO (SF), Nº 275 de 2012 – SENADOR PAULO BAUER

VAMOS TODOS SOLICITAR A QUEM DE DIREITO, O DESARQUIVAMENTO DESTE PDS, ANTES QUE ELE SEJA ARQUIVADO MAIS UMA VEZ POR “TERMINO DE LEGISLATURA”. IGUALMENTE PROMOVER AÇÕES QUE VISEM IMPINGIR MAIOR CELERIDADE EM SUA TRAMITAÇÃO.
URGENTE,
Abraços a todos
CELSO BERNARDES
06/11/2014
Formiga-MG

Anônimo disse...

Colegas
Gostaria que os colegas que recebem por orpag o seu benefício da Previ informasse no blog.
Mesmo que não queiram se manifestar, apenas para que eu tenha idéia aproximada da qte colegas que adotam o procedimento, o que contribuirá para que eu tome uma posição definitiva para receber por orpag.
Cabe registrar que uma colega já me passou informações importantes para que eu tome a decisão.